Quatro de dez, lembrando Manoel Maurício


Manoel Maurício de Albuquerque enquadrava a vida política e econômica em uma grande angular em que destacava a cultura e o estado da evolução social dos países. Suas aulas - faz décadas - foram uma descoberta para mim. O quarto dos dez livros da lista iniciada a convite de Gilda é um trabalho fantástico de Lilia Schwarcz e Heloisa Starling: uma biografia do Brasil.

A conexão entre o Professor da Formação Social do Brasil e a socióloga e a historiadora fica a débito - ou a crédito - de minha vivência. A Biografia é uma obra recente mas indispensável para quem queira entender o Brasil: precisa nos fatos, aguda na análise. Altamente recomendável para gregos e troianos. As lições de Manoel Maurício ficaram na minha memória e - mais importante - enriqueceram a historiografia.

E para ampliar a roda, convido a amiga e professora de História Sonia Mograbi.


©2017 criado por Afonso José Sena Cardoso