as sete vidas de Elza


Janamô, Júlia Dias, Késia Estácio, Khrystal, Laís Lacôrte, Verônica Bonfim e Larissa Luz, apoiadas por uma competentíssima banda de jovens mulheres musicistas, recriam com garra e talento as sete, muitas e intensas, vidas de Elza Soares, no Teatro Riachuelo. Plateia, cantoras/atrizes, musicistas terminamos todos irmanados na emoção e na comunhão da beleza.

Elza sempre foi uma grande cantora, sem que tivesse necessariamente o reconhecimento merecido. Arte e vida fizeram dela uma extraordinária intérprete, referência obrigatória e maior para a música brasileira. Poucas pessoas encarnarão com tais força e verdade causas e bandeiras centrais na nossa cultura. Quem ainda não ouviu na voz de Elza ou de suas sete imagens "A carne mais barata do mercado é a carne negra", que o faça. Poucas intérpretes terão chegado como ela a sentir, compreender e expressar tão bela e sinceramente cada palavra cantada, cada frase em vocálise, cada nota solfejada.

De não se perder.


©2017 criado por Afonso José Sena Cardoso